Parashá

Torah

Parashá Tetsavê ( תְּצַוֶּה ) – Traduzindo : Comando - Êxodo 27:20 – 30:10

Resumo:

AParashá “Tetsavê “ literalmente significa “ comando “ , como o versículo da abertura de nossa Parashá diz : “ E você deve comandar os israelitas e les devem lhe trazer ...... “ .

Porém, “Tetsavê “ também é um derivado da palavra “ tsavta” , que significa “ conexão “. De acordo com esta tradução, o versículo poderia ser lido: “ E você deve conectar os israelitas “.

Curiosamente, nesta Parashá, o nome de Moisés não é mencionado em nenhum versículo.

Em 27:20 , D’us ordena que se traga Azeite de Oliveira puro para ascender a Menorá de forma continua. Ele tinha que ser batido ou macerado, produto da primeira pressão. A Torá prescreve que o azeite mais puro é o que deve ser usado na Menorá. Segundo o Midrash, comenta que, regra geral, o azeite que se utiliza para os alimentos costuma ser o melhor, deixando a sobra para a iluminação. Aqui acontece, entretanto, tudo ao contrário.

Em 28:1 até 28:43 , temos a escolha dos Sacerdotes, sendo que o principal era Arão, irmão de Moisés, e seus filhos : Nadav, Avihu, Eleazar e Itamar, e das vestes sacerdotais, com todas as suas instruções e detalhes.

Em 29:1 até 29:40 , os sacerdotes são consagrados perante todo o povo de Israel.

Em 30:1 até 30:10, há instrução de D’us para que seja construído o Altar do Incenso de Ouro, e com a instrução que ele deveria estar em frente da divisória que oculta a Arca do Testemunho – diante da tampa da Arca, que esta no testemunho, onde Eu me reúno consigo.

O Altar do incenso deverá ser usado diariamente para queimar incenso de especiarias, toda manhã e toda noite, por todas as vossas gerações.

E ainda, uma vez por ano, em Yom Kipur ( no dia do Perdão ) , Arão fará expiação sobre os chifres ( deste altar ), sendo este altar uma santidade das santidades para D’us.

O termo em hebraico para sacrifícios, Korbanot, é relacionado com o substantivo Kiruv, que significa “ perto “. Isto sugere que o processo de trazer sacrifícios no Templo aproxima o homem de seu Criador.

O Mishcán, o Tabernáculo móvel e desmontável, nada mais é do que um Monte Sinai Móvel, que acompanhou o povo de Israel através de todas as tempestades e mudanças do destino.

Haftará de Tetsavê : Ezequiel 43:10-27

Importante ressaltar, que junto com a Parashá Tetsavê, tivemos em 11/03/17 e 12/03/17 a Festa Judaica de Purim !